Oito dicas para prevenir lesões no tênis

1. Procure jogar com raquetes adequadas para o seu tipo de jogo: se você gosta de bater forte na bola sua raquete não pode ser muito leve (menos do que 290 gramas). Isso vai fazer que com o tempo o seu cotovelo e o seu ombro recebam fortes impactos de vibração, o que pode gerar lesões de sobrecarga como as tendinite do cotovelo e as rupturas do manguito rotador do ombro.

2. Procure se proteger do sol com bonés e roupas claras: a transpiração excessiva é um bom mecanismo de controlar a temperatura do seu corpo, mas pode fazer com que você perca muito líquido, podendo gerar cãibras e desgaste muscular excessivo.

3. Dobre bem os joelhos na hora de sacar:

4. Se tiver uma dor muito forte perto de articulações (joelho e tornozelo principalmente) que não melhora num período de 2 semanas procure um ortopedista: pode ser que uma pequena lesão esteja acontecendo, e o tratamento precoce pode evitar a complicação da lesão.

5. Use tensões na hora do encordoamento de no máximo 58 libras: as cordas muito tensas são mais um fator de aumento de vibração para o braço.

6. Prefira raquetes de perfil largo: essas raquetes são as mais recomendadas para se prevenir o tennis elbow, pois apresentam uma maior área de sweet spot (área de vibração mínima das cordas).

7. Faça um aquecimento por cerca de 5 minutos antes de jogar e alongue bem depois de jogar: essa é a melhor combinação para ter o seu corpo equilibrado para jogar tênis.

8. Lembre-se dos seus limites, e aprenda a respeitá-los. Somente assim você vai jogar tênis até os 60, 70, 80…